17.4.10

"Sou, por temperamento, um vagabundo e um nómada. Não desejo ter dinheiro de uma forma tão intensa que me leve a trabalhar para o ganhar. Na minha opinião é uma vergonha trabalhar-se tanto por esse mundo fora. O facto de um homem não poder fazer mais nada durante oito horas por dia, dia após dia, é uma das coisas mais tristes que é possível imaginar. Não se pode estar a comer nem a beber durante oito horas por dia, nem se pode fazer amor durante oito horas - a única coisa que se pode fazer durante oito horas seguidas é trabalhar. Isto explica porque é que o homem provoca a si mesmo e aos outros tanto sofrimento e infelicidade."
.
[William Faulkner, in Entrevistas da Paris Review, Tinta-da-China, 2009]

2 comentários:

Armado em Esperto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lourenço disse...

clap clap clap... muito bem, sotôr, muito bem... clap clap clap